BOLSAS / COMMISSION-PRIZE

 

- Funarte (2014):

Comissão para escrever uma obra camerística para até 5 instrumentistas para a XXI Bienal de Música Contemporânea.

 

- Funarte (2008):

Bolsista do Programa de Bolsa de Estímulo à Pesquisa e Criação Artística da Fundação Nacional de Artes (FUNARTE)

Obra "Colapsos, Concerto para Quarteto de Cordas e Orquestra"

 

- Fundação Vitae (2003):

Bolsista do Programa de Bolsas Vitae de Artes (16º edição)

Obra "Concerto do Adeus para piano, orquestra e sete percussionistas"

 

- 6º Programa de Bolsas da RioArte, (2001)

Obra "Hoquetus, Ecos e Espelhos para Violão, Harpa, Celesta e quase duas Orquestras de Câmara"

 

 

 

PRÊMIOS / PRIZES

 

- Prize: Prêmio Revista Concerto of São Paulo, given by the most proeminent musical journalists of Brazil, for DVD "Boulez+" (with works for violin solo and violin and electronics by Boulez, Flo Menezes, Marcus Siqueira, Sergio Kafejian, Alexandre Lunsqui, Tiago Gati, Martin Herraiz and produced entirely by Flo Menezes at the Studio PANaroma) in the Category CD/DVD/Book, as the better Brazilian publication in 2016. (2017)

- Prêmio circulação de CD Inédito do Proac – Secretaria de Cultura de São Paulo (2010)

 

- Prêmio Funarte de Composição (2010)

Obra "Signo Sopro" para Orquestra de Cordas e solistas

 

- FENATA - Prêmio especial do juri: melhor sonorização de espetáculo (2010)

Espetáculo "Ruas de Barros", direção de Frederico Foroni

 

- 42º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (2009)

Prêmio Candango Melhor Trilha Sonora do filme "A Noite Como Testemunha" do cineasta Bruno Torres

 

- Prêmio de Melhor Trilha Sonora do 6º Festival Nacional de Teatro de Americana (2002)

Peça teatral Chão de Barros, com dramaturgia e direção de Frederico Foroni

 

- Prêmio de Melhor Trilha Sonora do Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente (2001)

Peça teatral A Bicicleta do Condenado de Fernando Arrabal, sob direção de Frederico Foroni

 

- Segundo lugar no Primeiro Concurso da XIV Bienal de Música Contemporânea Brasileira no Rio de Janeiro, na categoria III Trios e Quartetos (2001):

Obra Dodici Contrapunti, para trio de Flautas em dó

 

- Vencedor do Primeiro Concurso Nacional de Composição Sinfonia Cultura & Sociedade

Brasileira de Música Contemporânea (2000)

Obra Nove Cromos para Orquestra - Fundação Padre Anchieta e Sociedade Brasileira de Música Contemporânea

 

- Terceiro lugar no 1º Concurso Nacional de Arranjos para Banda Sinfônica em Tatuí, em (2000)

Obra Festa No Sertão (Ciclo Brasileiro) de Heitor Villa-Lobos

 

- Vencedor do VI Projeto Nascente categoria Música Erudita (Composição), promovido pela Abril Cultural e a Universidade de São Paulo (1996)

Obra Seis Momentos para Flauta solo

2020 marcussiqueira.com  - All rights reserved.